Pai

FESTIVAL DE LOCARNO
Prêmio Especial do Júri

"Real, sólido e comovente"
Variety

"Szabó contou sua história em dois níveis que se complementam de maneira magnífica"
The New York Times

Hungria  |  1966  |  87 minutos   Classificação 14   Legendado

FESTIVAL DE LOCARNO
Prêmio Especial do Júri

"Real, sólido e comovente"
Variety

"Szabó contou sua história em dois níveis que se complementam de maneira magnífica"
The New York Times

SINOPSE

Depois que seu pai é morto na Segunda Guerra Mundial, um jovem garoto húngaro chamado Takó preenche o vazio paterno com uma série de fantasias. Quando atinge a idade adulta, ele luta para viver de acordo com a imagem heroica que criou de seu pai.

A pungente ode cinematográfica de Szabó, combinando humor com uma nostalgia poética, relata eventos históricos através do prisma da experiência pessoal, produzindo um filme de extraordinário calor, intimidade e poder. Considerado um dos melhores filmes europeus sobre amadurecimento, PAI promoveu o nome do diretor Szabó internacionalmente e foi escolhido pelos críticos e escritores húngaros como um dos melhores filmes húngaros de todos os tempos. O filme também possui uma fotografia monocromática luminosa realizada pelo grande Sándor Sára.

ELENCO

Miklós Gábor, András Bálint, Dániel Erdély, Klári Tolnay, Katalin Sólyom e Zsuzsa Ráthonyi

Precisa de ajuda? Entre em contato conosco: ajuda@supomungamplus.com.br